Corra Certo

18 de setembro

Muita gente acha que correr é algo simples. E na verdade, é, ainda que as pessoas cometam erros e isso vá prejudicá-las com o passar do tempo. O primeiro assunto que vamos abordar é a ‘pisada’. Evite pisar com os pés inteiros no chão. Isso gera uma sobrecarga nos joelhos, tornozelos e coluna. Ah! E isso não significa que você precise pisar com a pontinha dos dedos. Bom, pelo menos se você não quiser deformá-los. Procure dar passadas largas. Elas não apenas fazem você avançar no percurso, mas previnem lesões nas articulações dos joelhos e aumentam a economia do movimento.

Uma corrida não trabalha apenas as pernas, então outras partes do corpo precisam estar alinhadas durante o exercício. Você já correu ou viu alguém correr com os braços totalmente soltos? Provavelmente não. Isso acaba atrapalhando a impulsão do corpo e sua coordenação motora. Além disso, os ombros acabam se inclinando para frente, desequilibrando a postura. E sua vista? Você corre olhando para cima ou para o chão? Saiba que correr olhando par abaixo aumenta a tensão na coluna e desalinha suas costas. Olhando pra frente você evita dores e de quebra ainda aproveita a vista.

Por quanto tempo devo correr?

Você já deve ter feito essa pergunta milhões de vezes, não é mesmo? Não existe um tempo ‘certo’ para se correr. Isso varia de acordo com o peso, atual condição física e objetivos de uma pessoa. Se você quer apenas se manter em forma, 15 minutinhos são o suficiente para suar e ficar leve o resto do dia. Para quem deseja perder peso, obviamente vai precisar de um período maior para queimar as calorias, mas não vamos falar de números, afinal, cada caso é um caso. O ideal é procurar um instrutor qualificado para te ajudar. Ele vai definir o tempo de corrida e o ritmo que você deve manter, além de ensinar várias técnicas para tal.

A arte de encarar ladeiras

18 de setembro

Ao ler esse título, você deve estar lembrando-se daquela rua alta que cansava de subir com sua bike. Mas deixemos as coisas de garoto de lado, vamos falar de algo maior. Para quem adora uma trilha de bike, subir ladeiras é um desafio constante e prazeroso. Sim! Prazeroso! A sensação de chegar ao topo é de muito prazer. Mas, como chegar ao ponto mais alto nunca será tão fácil, vamos dar dicas para fazê-lo com mais poder.

1 - Fique relaxado. Relaxe. Quando se está tenso, fica mais difícil subir o morro. Mantenha os braços leves sem precisar fazer muita força com as mãos.

2 – Revise sua bike. Veja se os pneus estão com a pressão correta e os freios funcionando. Olhar cada detalhe é pouco.

3 – Preste atenção no acento. Ele deve estar nivelado, não estando muito para baixo, nem muito para cima, quanto mais pra esquerda ou direita.

4 – Foco! Antes de começar a pedalar, foque-se no percurso. É bom ir imaginando o que tem pela frente.

5 - Tente manter um bom ritmo, sem favorecer uma perna ou a outra.

6 – Uma boa ideia é ficar em cima dos pedais de vez em quando. Isso faz com que você se alongue e descanse os músculos de movimentos repetitivos.

7 - Respire fundo. Concentre-se na respiração. Inspire e expire até esvaziar os pulmões e assim sucessivamente.

8 – Não diminua ao avistar a ponta do morro. É comum que a maioria dos ciclistas relaxe ao ver seu destino final. Mantenha sua velocidade e sua transição de chegada vai ser bem mais fácil e radical!

Comer bem sem sair da dieta

18 de setembro

Já parou pra se perguntar se é possível comer bem sem precisar sair da sua dieta? Sim! É possível. E aqui no blog nós vamos dar dicas de como fazer isso, começando com uma receita de salada com Frango Rica, milho e ervilha.

Ingredientes

- 1 unidade(s) de peito de frango desossado Rica
- 1 unidade(s) de cebola
- 1 unidade(s) de maçã sem casca(s) e picada(s)
- 1 colher(es) (sopa) de suco de limão
- 2 unidade(s) de cenoura
- 1 lata(s) de ervilha escorrida(s)
- 1 lata(s) de milho verde escorrido(s)
- 100 gr de azeitona verde
- 1 maço(s) de cheiro-verde
- 2 xícara(s) (chá) de maionese
- quanto baste de sal
- 200 gr de batata palha
- quanto baste de alface crespa para decorar (um prato bonito dá mais fome, não é?!) :p
- quanto baste de tomate cereja para decorar.

Como fazer

1- Cozinhe o frango com água e sal, escorra, desfie e reserve em uma saladeira.
2- Pique a cebola e a maçã sem casca em cubinhos.
3- Junte-os ao frango.
4- Regue com o suco de limão e misture.
5- Rale a cenoura no ralo grosso e coloque-a na saladeira.
6- Acrescente a ervilha, o milho, a azeitona picada e o cheiro-verde picado.
7- Mexa e adicione a maionese.
8- Misture delicadamente e verifique o sal.
9- Espalhe a batata palha pela superfície e decore com a alface e o tomate-cereja.

Até a próxima =)

Posts Anteriores